sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Quanto tempo ainda nos resta!

Quanto tempo nos resta
Alguma coisa que presta
Vamos a festa?
Talvez lá encontramos
Algum sentimento
Que nos faça
No momento
Sentir um prazer
Um beijo viciante
LSD
Mas que me faça esquecer você
Vamos ouvir a batida
Do tambor do coração
Que nos impulsionam a vida
Essa vista e sentida
Por uma busca mística
De algo que vai além
De nossa vã filosofia
Que ultrapassa barreiras
Da nossa amestrada fé
Condicionada por
Valores pré-estabelecidos
Pela sociedade
Vamos fazer amor
E ver o que se da para fazer
Nesse mundo é tudo confuso
Mas eu ainda luto
Luto para saber
Quanto tempo que resta
E se alguma coisa ainda presta

16 comentários:

  1. Nesse mundo é tudo confuso
    Mas eu ainda luto...

    Queira realmente lutar querido! Muita coisa ainda presta.

    Suas palavras têm sentimento.

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Adorei! ficou um misto de romantismo e agressividade...hahaha...gostei!

    Beijooss meus...

    ResponderExcluir
  3. surpreendentemente lindo!

    beijãão :*

    ResponderExcluir
  4. Vai restar tempo enquanto houver amor.

    ResponderExcluir
  5. "Quanto tempo que resta
    E se alguma coisa ainda presta"

    Adorei! muito bom mesmo!
    Obrigado pela visita e estou retribuindo!!
    Voltarei!

    ResponderExcluir
  6. Toda a vida nos resta se agente viver sem a presa.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  7. Vamos ouvir a batida do tambor do coração...
    Que nos impulsionam a vida, bonito gostei do blog seguindo bjos.

    ResponderExcluir
  8. Alguma coisa ainda presta?

    Também quero saber.

    Abraço meu.

    ResponderExcluir
  9. Amei o seu texto...muito bom..
    Passei também para agradecer a sua visita no meu cantinho e fico feliz que tenha gostado...estarei sempre por aqui...
    Beijos e bom final de semana...

    ResponderExcluir
  10. .

    Gostei do teu cantinho e das tuas palavras.

    Agradeço sua visita. Te sigo!

    Volto e volto.

    Beijos

    .
    .

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo texto, muito bom.
    "Quanto tempo que resta
    E se alguma coisa ainda presta"
    Brabo qdo tu chega a conclusão que nunca prestou.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  12. Nossa muito bom
    adorei seu blog.
    Sigo-te
    ;**

    ResponderExcluir
  13. Muito criativo o "quem sou eu" brother.

    Esse texto é uma música sua?

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito do seu blog interessante e crativo, já estou seguindo... abraços!

    ResponderExcluir
  15. Vlw pela visita! To seguindo blz?
    Ninguém pode saber quanto tempo resta...o que importa mesmo é se esse tempo presta rs.
    Bjo, estranho.

    ResponderExcluir